Degustação de Chás gourmet e estilo de vida.

 
 

26/10/2012

Bolo Mármore - Tradicional e de Chá Verde!

O Bolo Mármore tem origem tradicionalmente alemã (era feito com especiarias e melado) e quando chegou à América, a sua porção escura logo foi substituída pelo chocolate! Achei uma receita que se diz uma versão romena do bolo, adaptei novamente ao meu gosto e prometo que se você respeitar as proporções dos ingredientes é um bolo extremamente fofo, uma delícia! E, para ir um pouco mais  além das adaptações, fiz uma versão com chá verde que ficou na medida! Espero que gostem:

Bolo Mármore Tradicional
Bolo Mármore Tradicional

25/10/2012

Primavera em seu auge!

Abaixo uma foto da Fifi no auge da Primavera! Um bom motivo para exibir a minha grama amendoim que se espalhou tão bem no barranquinho daqui de casa e está tão bela com tantas flores neste momento.

Fifi na grama amendoim

Aproveitando a Primavera, Fifi completará sua primeira primavera no sábado! Como a minha filha canina cresceu rápido!

19/10/2012

Projeto "Veteranas de Guerra"

Você já parou para reparar nas árvores no meio do caos de São Paulo? Lá na Capital existem sim muitas árvores antigas e sobreviventes à tanto cimento. Fizeram um projeto para preservá-las e, finalmente, homenagear estes deuses perdidos na modernidade desenfreada. 


Conheça o site: http://www.veteranasdeguerra.org/

13/10/2012

Infusões, um estudo: Parte I - Introdução, Camomila e Fitoterapia

As infusões são utilizadas há mais de centenas de anos atrás, para as mais diversas finalidades. Aqui, no meu blog, falaremos especialmente da sua parte aromática e eventualmente dos seus benefícios para a saúde.

A idéia desta série de postagens surgiu com a inspiração do meu canteirinho de chás/infusões, que após um ano desde seu surgimento, já me ensinou bastante coisa para tentar repassar à vocês. Apesar dos chás feitos com a Camellia sinensis terem sua complexidade em produção e sabor, tenho tido experiências gratificantes com o novo mundo de sabores que as infusões podem atingir. Vale a pena lembrar aqui que infusões (herbal tea, tisane, etc.) são as bebidas feitas com ervas, raízes, flores, etc. de plantas que não sejam a Camellia sinensis, a planta do chá. 

Hoje, vou começar pela Camomila, planta com origem entre a Europa e a Ásia, mas super popular em nosso país:


-~-


Camomila

A minha história com esta plantinha começou com um eterno desafeto vindo das suas infusões de diversas marcas de chás que encontrava no mercado. Sempre possuíam textura estranha, sabor velho (quase engavetado), e aparência de poeira. Certo dia, visitando o viveiro de plantas da minha cidade, deparei com um lindo vaso florido de Camomila. Seu cheiro era exuberante, impossível ignorá-lo. Comprei uma muda da planta sabendo que ela nada tinha a ver com as minhas experiências frustrantes de antigamente.

Um dos pés de Camomila que plantei no ano passado

Confesso que o plantio da muda na região onde moro (com altitude) é um pouco difícil. Após o "boom" das flores, a planta se renova e muitas vezes é difícil ela vingar novamente fazendo dela um cultivo de insistência. Por isso deixo para tê-la novamente em meu terreno quando as temperaturas são mais propícias.

Uma colheita de amostra da Camomila que tenho plantada agora

As flores dão em abundância e colho cortando com uma tesoura rente à flor. Como é impossível tomar tudo de uma vez, é muito fácil secar suas flores: simplesmente as deixo sobre um guardanapo, bem espaçadas, descobertas no balcão da cozinha (o modo de secagem pode variar se você mora em um lugar mais úmido, o que faria do sol um grande aliado na hora da secagem). Após alguns dias elas já estarão praticamente prontas. Recolho as flores em potes fechados hermeticamente. Mas seque bem as flores ou elas mofarão quando você as guardar.

Flor fresca e flor seca há duas semanas

Não existe melhor tisane de Camomila do que o feito das suas flores frescas. Além do seu frescor natural, os sabores estão ali, presentes como nunca em um liquor verde claro. Seu perfume doce, lembrança de maçãs e mel, e nenhum contra-gosto ao fim fez dela uma das minhas infusões preferidas. Mesmo as  flores secas que guardo, mantêm o sabor do corpo da infusão sendo, infelizmente, a perda do frescor inevitável. Ainda assim, melhor do que qualquer chá comprado.

Infusão de Camomila

Medicinalmente falando, ela tem efeito antiinflamatório e calmante. Pessoalmente já vi pessoas bem sensíveis ao seu efeito sonífero. Na cozinha, certa vez, fiz uma geléia com a Camomila que serve de tempero para alguns pratos além de complemento para as bolachas do chá da tarde!


-~-

Fitoterápicos

Na cultura popular, muitas infusões são utilizadas para males da saúde e o conhecimento é amplamente passado de geração em geração. Abaixo divulgo uma publicação da Anvisa, com algumas soluções em fitoterápicos que incluem desde pomadas até as infusões. Se você também prefere seguir a linha natural na parte da saúde, não deixe de baixar este manual (arquivo PDF):



Chaleira Elétrica

Observando algumas degustações de chá, sempre achei que seria muito prático ter uma chaleira elétrica para chás chineses que merecem mais de uma infusão das mesmas folhas. Pesquisando pela internet somente a Adagio possuía uma chaleira elétrica com ajuste de temperatura, a utiliTEA, excelente para todos os tipos de chás (a maioria ferve direto nos 100°C, servindo somente para chás pretos).

Sem muitas dúvidas, encomendei a minha e, utilizando-a por alguns dias, já posso lhes dizer que é uma maravilha contar com essa modernidade. Elimina o uso do termômetro, você não precisa ficar na boca do fogão esperando a água esquentar novamente e os chás ficam perfeitos. Se você leva os chás a sério, é quase uma ferramenta obrigatória! O que foi bem frustrante é que ao tentar comprar através do site do fabricante, eles me informaram que não podem enviar peças de metal pelo correio internacional (!) e no fim, um amigo acabou trazendo a chaleira lá de fora para mim.


Apesar do trabalho da importação, sinto que vale muito a pena ter uma dessas. Fiz uma medição rápida e a temperatura vai de 60°C à 100°C e já acertei a regulagem para meus chás rotineiros, é bem fácil de manusear e se transforma em uma peça bem bonita para sua cozinha. 

Agora é me afundar mais ainda nas variantes de tempo versus temperatura dos chás! Hasta luego!

INSTAGRAM @chaarteevida

Escola de Chá Embahú

Comentários Recentes

Receba as atualizações por email

Este símbolo indica conteúdo em língua inglesa
♦♦ Este símbolo indica conteúdo em língua francesa
♦♦♦ Este símbolo indica conteúdo em língua japonesa
Este símbolo indica conteúdo em língua espanhola


Arquivo do blog

Siga-me!

InstagramFlickrFacebookFeed RSSFlickrTwitter Feed RSS
 
| Início | Sobre a Autora | Entre em Contato | Escola de Chá Embahú |

Design e Fotos por Yuri Hayashi.
"Chá & Poesia" - Todos os direitos reservados, 2008®, 2009®.
"Chá, Arte e Vida!" - Todos os direitos reservados, de 2010® a 2016®.